Publicado em Notícias

Massa crítica, Pedalada Pelada de 2011.

Este sábado vi um ciclista ser atropelado por uma Van na Av. Delfim Moreira. POr sorte ele saltou da BIke antes de ser atingido. A Bike saiu intacta a freada enorme da Van fez com que ela chegasse bem perto, e por sorte nada aconteceu. Pior foi ouvir o comentário do motorista do ônibus que eu estava: “Tem ciclovia ali, por que ele pedala na Rua?”, porque a gente não quer segregação, porque a Via é Pública, porque temos que aprender a compartilhar os espaços, não temos que criar mais tribos e fazer guerras. Comentei sobre o CNT e ele desprezou a lei! (??)
Mais uma necessidade: A de se explicar para quê servem as leis. Mesmo que elas não sejam usadas para punir, são feitas para demonstrar um acordo entre os “cavaleiros educados e respeitáveis cidadãos” que compartilham espaços e vivem em sociedade, Sr. Motorista, espero que você não precise das Leis, já que você as despreza totalmente.

Pedalada Pelada
A revista Alfa fez uma matéria sobre a Massa crítica, pedalada pelada que aconteceu em São Paulo, e é bem interessante para quem quer se atualizar.

“Entre as regras estritas estão a obrigação de conhecer o Código de Trânsito local; a proibição de qualquer ato violento ou discriminatório em relação aos motoristas; e a postura de ignorar pura e simplesmente a polícia. “Na cultura antiautoritária do meio ciclístico, a Massa Crítica não trata com a polícia”, diz o estatuto, que, por outro lado, proíbe terminantemente infringir qualquer lei durante a Massa. É por esse motivo que os participantes nunca avisam seu próximo ato à companhia de trânsito local. “A lógica é que, se a bicicleta tem, no Código de Trânsito, o valor idêntico ao de um carro, não faz nenhum sentido pedir licença para ocupar o espaço público”, diz Thiago Benicchio, jornalista, co-autor do documentário Sociedade do Automóvel e diretor da ONG Ciclocidade, uma das dezenas de entidades que defendem os ciclistas no país.

ALFA acompanhou a Pedalada Pelada de 2011 — parte do evento World Naked. Bike Ride
Veja o texto na íntegra no link: Alfa

Anúncios

Autor:

Carioca, Jornalista. MTB 25668/RJ - A idéia: "Um sistema eficaz de transporte contribui não somente à função econômica da cidade mas beneficia também a qualidade total de condições de vida de seus cidadãos."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s